Flamengo durante treino. Foto: Marcelo Cortes
Flamengo durante treino. Foto: Marcelo Cortes

Em entrevista ao canal ESPN, o ex-jogador do Flamengo, ZINHO, com passagens pelo Rubro-Negro entre 1986 -1992 e 2004-2005, afirmou que jogadores não são acostumados a chegar às 7 horas da manhã e cita “choque cultural ” e brigas internas no Clube.

Para o ex-jogador, e atual comentarista , Dorival Júnior tem a difícil missão de tentar mudar a postura dos jogadores para reverter a situação: ” Jogadores no Brasil não estão acostumados a chegar 7h da manhã no clube. Não sou contra renovação. Os jogadores não se adaptaram ao modelo de trabalho, gestão de grupo, teve briga interna, problema de vestiário, bico com a postura do treinador e não deixou legado de não ter uma comissão técnica. O Flamengo não tem mais isso. Teve que sair correndo atrás de Dorival Jr. porque não tinha treinador para apitar treino. Ele ( Paulo Sousa) já tinha caído há muito tempo, só faltava um treinador para assumir, disse Zinho.

O Flamengo entra em campo amanhã (15) às 20:30h, no Maracanã, contra o Cuiabá, pelo Campeonato Brasileiro. A vitória é imprescindível para a reabilitação do time que, atualmente, ocupa a 16° colocação na tabela do campeonato, uma antes da incômoda zona de rebaixamento.

SRN

Sílvia Lima

Comentários do Facebook