Foto: Flamengo

No sábado (30), jogando com um Maracanã lotado mais uma vez, o Flamengo venceu o Atlético-GO por 4 x 1, e somou mais três pontos na tabela do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior agora ocupa a quarta colocação, com 33 pontos.

O último resultado negativo do Flamengo no Brasileiro foi justamente contra o Corinthians, adversário da próxima terça-feira, pela Libertadores, na partida de ida das quartas de final, em São Paulo – na Neo Química Arena.

– Tudo que eu falar aqui eu devo me referir à comissão anteriores que aqui estavam. Tudo que foi desenvolvido você tenta aproveitar da melhor forma. O treinador tem que ter isso consigo. Às vezes o resultado não está dando certo, mas algumas coisas foram feitas e você tem que ter sensibilidade de poder aproveitar o máximo possível. Com isso enalteço o trabalho dos profissionais que estavam antes. Quando chegamos, senti falta de confiança muito grande. Em cima disso, no primeiro momento não encontrávamos norte, os resultados não vinham. E não é fácil, tem que mostrar alguns pontos, é natural que até se mexa com os egos de cada um, então tem que ter muito cuidado nessas situações. O que buscamos foi apresentar soluções. O caminho que pensamos foi esse, os que tiverem a fim vão ajudar na recuperação e todos abraçaram a ideia. Nós mudamos de maneira geral o comportamento no todo, fomos ajudado por eles. Porque qualidade e capacidade nunca deixamos de ter. O elenco do Flamengo é um absurdo, que treinador não queria ter um grupo desse em mãos? Tentamos achar um norte para que eles seguissem aquilo que estava definido, determinado. Mudamos pequenas coisas e alguns posicionamentos que foram importantes. Mas sempre respaldados pelo que foi deixado. Tentamos ao máximo possível desenvolver a equipe para que desse esse salto. Graças a Deus vem acontecendo, mas para a gente ainda é uma situação bem desconfortável. Por isso todo cuidado será pouco daqui para a frente.

DORIVAL FOCA AGORA NA LIBERTADORES

O próximo compromisso do Flamengo no Brasileiro é contra o São Paulo, no Morumbi, às 20h30, no sábado. Mas antes, também em São Paulo, o compromisso é pela Libertadores da América contra o Corinthians, na terça-feira, na Neo Química Arena, pelas quartas de final da competição.

SRN

Twitter: @pabloraphaelrua

Comentários do Facebook