Galvão-Bueno-Paulo-Sousa-Flamengo-
Foto: Divulgação/TV Globo

Nesta segunda, no programa “Bem Amigos”, comentaristas discutiram a decisão da Supercopa do Brasil. Galvão Bueno disse discordar da atitude de Gabi de não cobrar o pênalti após Hulk, justamente em um momento decisivo.

“O fato do Gabigol não ter batido depois do Hulk me chamou muita atenção. Hoje ele respondeu nas redes sociais dizendo que estava lá para bater o pênalti decisivo. Não concordo com ele, chegou a vez dele bater o pênalti decisivo e ele acabou não batendo. É um assunto muito polêmico”, disse o apresentador.

O apresentador disse ainda que Paulo Sousa, mesmo há pouco tempo no comando, cometeu um erro e definiu apenas cinco batedores.

“O Paulo Sousa cometeu uma grande falha. Está chegando agora, vai ter que se entrosar com o grupo, mas dizer que só os cinco estavam definidos e que depois os jogadores iriam se entender, não achei correto”.

O narrador não poupou críticas a Gabigol, citou o fato do time ter um capitão e um treinador, e ainda citou Hulk, atacante do Atlético-MG que foi cobrar a penalidade.

“Acho que o Gabigol teria a obrigação de bater o pênalti, pois é o cobrador oficial, tem mais de 90% de aproveitamento e deveria ter ido para a cobrança após o Hulk. E o time tem um treinador e um capitão, acho que deveriam ter chegado nele e falado que ele deveria bater. O Hulk como o cara do time pegou a bola e bateu”.

Comentários do Facebook