Flamengo
Reprodução

A diretoria do Flamengo voltou atrás e retirou a ação no STJD que tentava tirar a validade do sorteio das quartas de final da Copa do Brasil. O clube havia acionado o tribunal na quarta-feira para tentar inverter os mandos de campo e decidir o confronto com o Athletico-PR dentro de casa.

A princípio, segundo informações do portal “GE”, o clube carioca entendeu que houve um erro e que o Flamengo foi prejudicado. Contudo, em decorrência da boa relação com o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, o Rubro-Negro retirou a ação. Os cariocas ainda reiteraram que esperam que no futuro os processos sejam mais transparentes e legítimos.

A reclamação do Flamengo era sobre a inversão da posição antes do sorteio do mando das partidas das quartas de final da Copa do Brasil. Como Fluminense havia sido sorteado anteriormente, foi definido como prioridade.

Em suma, o Flamengo contestou esse critério por ele não estar previsto no regulamento do torneio. Porém, nas oitavas de final ocorreu isso, e o Fluminense teve de decidir fora de casa, com o Fla mandando a partida de volta contra o Atlético-MG no Rio. A alegação do clube é de que na ocasião o Botafogo, que ainda estava na competição, também fechou em casa as oitavas de final.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook