Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O Flamengo virou exemplo de gestão no Brasil. Por fazer a diferença no país, a fama pegou na Argentina, para ser mais exato, no San Lorenzo. O time do Papa está de presidente novo, e Marcelo Tinelli, pensando em reestruturar o time, já sabe como vai fazer isso: copiar o Rubro-negro. Em entrevista ao jornal argentino “La Nación”, o novo mandatário disse que o time carioca é um exemplo a ser seguido.

“Quero pensar no modelo Flamengo de 2014. Eles (Flamengo) traçaram uma rota e cresceram. Saíram de uma dívida de R$ 750 milhões para ser o clube que comprou sete jogadores que estavam na Europa”.

Para completar, Tinelli disse que um dos segredos foi o investimento na base.

“Como eles fizeram isso? Investiram nos jovens, mas sempre mantendo alguns figurões no time. Quando necessário, venderam esses garotos criados em casa. Assim, arrecadaram quase US$ 120 milhões (R$ 488 milhões). É um modelo a ser imitado”.

Comentários do Facebook