O meia Diego Ribas, concedeu entrevista na Sala de Imprensa do CT Ninho do Urubu. O atleta anunciou os planos para a sequência da carreira e ficou à disposição dos jornalistas para diversas perguntas sobre o seu destino.

O camisa 10 revelou que não vai permanecer no Mais Querido em 2023, e também rechaçou as acusações de ser um líder da chamada “panela” de jogadores no Flamengo ao longo de sua trajetória.

– Espero que essas pessoas maldosas não tratem elas mesmas assim. Tudo que foi construído aqui foi com seriedade, dignidade. Mas as pessoas às vezes pegam pesado. A minha maneira de encarar isso é com muito amor, mas de forma ativa, sempre vou me posicionar. Vejo o lado bom nas pessoas, mas tem hora que é difícil entender onde querem chegar com tanta maldade. As pessoas que podem dizer quem somos são as que nos acompanham no dia a dia. Pra destacar alguns, não precisa desmerecer outros. Os ciclos se encerram, não quero estar aqui para sempre. Enquanto estiver aqui vou me posicionar no que é certo.

No Flamengo, Diego Ribas disputou 269 jogos, marcou 42 gols e deu 29 assistências. O meio-campista ganhou dez títulos no Rubro-Negro: quatro Campeonatos Cariocas (2017, 2019, 2020 e 2021), duas Supercopas do Brasil (2020 e 2021), dois Campeonatos Brasileiros (2019 e 2020), uma Recopa Sul-Americana (2020) e uma Libertadores da América (2019).

SRN

Twitter: @pabloraphaelrua

Comentários do Facebook