Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A derrota sofrida pelo Independiente Del Valle na última quinta-feira (17) por 5 a 0, segue repercutindo nos bastidores do Flamengo e uma das organizadas do clube – Raça Rubro-Negra, emitiu uma nota oficial em suas redes sociais cobrando a equipe, diretoria e comissão técnica.

No texto, os autores indicam acomodação dos jogadores e cobram uma mudança de postura.

Confira a nota

Em razão da permanência da delegação no Equador, tornando, assim, inviável uma conversa presencial, o G. R. M. C. RAÇA RUBRO-NEGRA vem, através desta nota, manifestar o que se segue.
Como é de conhecimento geral, omissão nunca foi um dos atributos do nosso movimento. O apoio é incondicional e ilimitado, e nunca será diferente. Porém, ao mesmo tempo, estamos sempre prontos para cobrar uma atitude compatível com a nossa história, quando, por algum motivo, jogadores e dirigentes parecem se esquecer dos mandamentos rubro-negros.
Por isso, tornamos pública nossa indignação com o resultado vexatório da última partida. Perder faz parte do esporte, sabemos. Ser HUMILHADO em campo, com evidente falta de vontade, sem demonstrar o mínimo de revolta pelo resultado, com jogadores acomodados e andando em campo, NUNCA SERÁ NORMAL. Além de fugir do aceitável, é uma afronta aos 42 milhões de rubro-negros espalhados pelo mundo.
Assim, ratificamos nosso compromisso com o Clube de Regatas do Flamengo, sem, contudo, aceitar que PROFISSIONAIS muito bem remunerados DESRESPEITEM a instituição. Se preciso for, continuaremos cobrando, PRESENCIALMENTE e por todos meios cabíveis. Repudiamos qualquer ato de violência, que fique claro. A cobrança é por dedicação, disposição e, principalmente, RAÇA em campo. Cobrança de quem paga os salários de jogadores e dirigentes, e, por esta razão, tem, o direito de reivindicar uma postura, no mínimo, profissional.
QUEREMOS RAÇA!

Quer receber notícias do Mengão em seu celular? É fácil! Mande uma mensagem no Whatsapp para o número (21) 96534-7050.

Comentários do Facebook