Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

Em uma partida épica, digna dos últimos dois campeões da Libertadores, Flamengo e Palmeiras decidiram neste domingo (11) a Supercopa do Brasil 2021. A partida começou a mil por hora e logo no primeiro minuto o alviverde abriu o placar. Após chutão de Diego Alves, Felipe Melo escorou de cabeça e conectou Raphael Veiga. O meia driblou Arão com um toque de calcanhar e de três dedos marcou o primeiro gol da partida.

O Flamengo teve dificuldades para passar pela pressão alta palmeirense, mas foi conseguindo quebrar linhas e avançar. Arrascaeta quase marcou, após troca de passes pela direita. Logo depois, aos 23 minutos do primeiro tempo, Arrascaeta roubou bola de Luan e acionou Filipe Luís. O lateral deu lindo drible em Viña e acertou o travessão em chute seco. Gabi no rebote empatou o jogo.

O Flamengo teve seu melhor momento após o gol. Com a posse mais próxima da defesa adversária. Mas sofreu com os contra-ataques. Diego Ribas salvou na linha a bola de Wesley, após o atacante driblar Diego Alves e ficar com o gol vazio. Minutos depois, Isla fez falta fora da área em Wesley. Veiga quase marcou, porém Diego Alves fez grande defesa.

O Flamengo conseguiu virar o placar no fim da primeira etapa. Após inversão de bola, Bruno Henrique recebeu pela esquerda e tocou para Arrascaeta. Enquanto o atacante foi a área, Arrasca driblou Luan e acertou chute seco na entrada da saída, sem chances para Weverton, 2×1.

O segundo tempo começou com mudanças do lado paulista. Abel Ferreira trocou a dupla de volantes. Com a presença dos jovens Danilo e Gabriel Menino, o Palmeiras teve seu melhor momento no jogo, criando duas chances para empatar. O Flamengo também quase marcou em transição, porém Everton Ribeiro hesitou na finalização. No momento em que o Flamengo voltava a equilibrar o jogo, o time perdeu a bola no meio e Rony foi conectado em contra-ataque. Na disputa com o atacante palmeirense, Rodrigo Caio puxou a camisa do adversário dentro da área: pênalti. Veiga cobrou e empatou o jogo.

O Flamengo ainda quase marcou o gol da vitória em três oportunidades. Arrascaeta perdeu a primeira oportunidade na entrada da área. Vitinho acertou a trave e Gabi, já no fim do ano, acertou chute que parou na linha.

A decisão foi para os pênaltis e o Flamengo começou muito mal a disputa. Filipe Luís e Matheuzinho erraram duas das quatro primeiras cobranças rubro-negras, enquanto o palmeirense marcou nos três penais. Luan e Danilo tiveram a chance de dar o título para o Palmeiras, porém Diego Alves e a trave, respectivamente, salvaram o Mengão.

A disputa foi para as cobranças alternadas. Viña e João Gomes marcaram. Diego Alves defendeu a cobrança de Gabriel Menino e deu a chance de título para o Mengão pela primeira vez, contudo Pepê parou em Weverton. No fim, Diego Alves pegou a cobrança de Mayke e Rodrigo Caio fez o gol do bicampeonato rubro-negro.

Comemora nação! Faça a festa!

SRN

Twitter: ds_fortunato

Quer receber as notícias do Mengão em seu celular? É fácil, basta clicar aqui para mandar mensagem no whatsapp. Se quiser salvar nosso contato manualmente: (21) 97657-1598. Ou se preferir, entre no nosso grupo do Telegram: Clique para ir ao Telegram