Jorge Jesus foi um dos maiores técnicos da história do Flamengo, o treinador marcou seu nome da história por ter mais títulos do que derrotas como treinador do Mais Querido. Em 2019, além da tríplice coroa, o técnico foi vice campeão mundial. O mister ficou irritado com as opções de melhores técnicos das temporadas 2019/20 e entendeu que por merecimento, merecia estar na lista.

Segundo Jesus, o Flamengo e ele conquistaram os títulos mais importantes que poderiam disputar: “O critério de escolha dos melhores treinadores do mundo penso que seja a conquista de títulos importantes, títulos nacionais, no meu caso estive no Brasil, e internacionais, como foi a Libertadores e a Recopa da América Latina – o equivalente ao vencedor da Liga Europa e da Champions”, disse aos jornalistas.

Lembrando o Mundial de Clubes, o ex-técnico do Flamengo não fez média e detonou a FIFA: “Fomos vice-campeões do mundo. Se o Flamengo tivesse sido campeão do mundo, o treinador destacado no mundo teria de ser eu. Penso eu, senão seria o cúmulo”, disparou Jesus.

 

3 COMENTÁRIOS

  1. A cambada que comanda a fifa, sempre composta por velhinhos, acho que agora, todos senil, não cansam de esquecer feitos no Brasil,
    não importando a eles mesmo que o técnico seja europeu, pra eles só importa o que acontece no velho mundo; na década de 90, o Edmundo jogou pra cacete, e foi esquecido, na seleção dos melhores para concorer ao prêmio.

Comments are closed.