Após diversas reuniões na tarde de ontem a diretoria do Flamengo, decidiu em manter o técnico Rogério Ceni. A cúpula do clube já teria detectado que a fase irregular do time não tem a ver só com erros de escalação, substituições equivocadas e a falta de padrão de jogo, além da queda visível de rendimento de alguns dos principais titulares e uma possível racha no elenco.

O jornalista Venê Casagrande, revelou diversas informações de um clima pesado no Ninho, uma delas era que o grupo estaria com duas correntes em rota de colisão – de um lado, Diego Ribas, Filipe Luís, o goleiro Diego Alves, Rodrigo Caio e Willian Arão; do outro, Gabigol, Bruno Henrique, Gerson e alguns dos mais jovens.

Após uma matéria do jornalista Diego Dantas sobre esse mesmo ocorrido, o meia Diego Ribas, respondeu  na web, o conteúdo da matéria:

”Como capitão, meu único objetivo é servir a equipe com lealdade para que alcancemos nossos objetivos. O seu como jornalista deveria ser informar com a verdade e não tumultuar com a mentira, inventar informações, como está tentando fazer e mais uma vez não vai conseguir… … Aqui predomina o respeito entre todos e seguiremos assim.”

Após isso, o camisa 10 da Gávea também respondeu as informações vazadas pelo Venê Casagrande:

”A forma com que suas fontes passaram essas “informações” tem a única intenção de prejudicar um grupo inteiro e o clube. Sou capitão da equipe, falo com todos, caminho com todos. Entendo seu papel de jornalista, mas reflita qual é a motivação pessoal para criarem esses cenários….. inexistentes, influenciando de maneira equivocada e mentirosa o pensamento do torcedor.”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui