Alexandre Vidal/Flamengo

Flamengo vive um momento complicado. A temporada 2020 não lembra nem de longe aquela de 2019 onde o clube encantou o Brasil e o continente com um futebol bonito, objetivo e vitorioso. Nesse ano, o rubro-negro foi campeão Brasileiro e da Libertadores da América. Fora isso, perdeu apenas 4 jogos e tinha uma das melhores defesas do Brasil, se não a melhor. Um dos destaques daquele elenco vencedor foi Pablo Marí, que virou ídolo da torcida rapidamente. O zagueiro, que se transferiu para o Arsenal da Inglaterra no começo da temporada Europeia, cedeu entrevista a EPPN Brasil e não poupou elogios ao rubro-negro.

O ex-jogador do Fla, revelou ao repórter João Castelo Branco, que procura, quando dá, assistir aos jogos do Flamengo e que mantém contato com os amigos que fez no elenco do time carioca. Fora isso, Pablo Marí ainda comentou sobre as eliminações do Flamengo no ano e da fase atual que o clube vive:

Tento acompanhar todos os jogos do Flamengo, sigo falando com os companheiros que tenho na equipe. A todo momento tento desejar a eles o melhor em cada jogo, em cada eliminatória. Fiquei muito triste quando foram eliminados (da Libertadores), mas te digo que é algo que levarei sempre no meu coração, não vou me cansar nunca de dizer que foi uma experiência maravilhosa a que vivi no Flamengo. Nunca vou esquecer. Vou apoiá-lo esteja onde estiver, em tudo o que faça” , declarou Marí.

Com a camisa do Flamengo, Marí disputou apenas 30 partidas e marcou três gols. Além disso, o defensor formou a melhor dupla de zaga do Brasil em 2019 com Rodrigo Caio, que ainda está no Fla. O Zagueiro foi vendido ao Arsenal por 8 milhões de euros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui