Gilvan de Souza / Flamengo

O Flamengo Sub-15 superou o Fluminense nos pênaltis por 6 a 5 e conquistou a Copa Rio, o 12º título da base em 2021. Após mais um empate em 1 a 1, a decisão foi para os pênaltis e a estrela do goleiro Caio Barone brilhou.

Nesse sentido, os Garotos do Ninho da geração 2006 tinham um tabu para quebrar: nunca venceram esta mesma geração do Fluminense em finais. Com isso na bagagem, a motivação para esta final foi diferente para os outros jogos

Fla-Flu no Sub-15 empatam pela terceira vez

Dessa forma, a partida novamente foi bem equilibrada na primeira etapa. A melhor chance veio nos pés de Pedrinho, que apenas aos 30 minutos arriscou um chute que foi bloqueado pela zaga do Flu. Assim, com um jogo bastante brigado, os primeiros 45 minutos ficaram no zero.

Apesar do tabu, o Fla levou um susto na volta para o segundo tempo. Foguete que entrou na segunda etapa conseguiu achar Gustavão sozinho na área para cabecear. O Fluminense saiu na frente e estava levando o título mais uma vez na geração 2006. Porém, os Garotos do Ninho não ficaram nervosos e foram em busca do empate.

Aos 23 minutos, Lucyan achou Luan Andrey dentro da área para cabecear, mas a bola raspou a trave. Somente nos minutos finais, com o DNA e a raça característica do Flamengo que o empate veio. No minuto 38, Guilherme Gomes que tinha acabado de entrar, arriscou de fora da área e fez um golaço. Tudo igual e pênaltis na Gávea.

Surto de COVID-19 e superação

Ao longo da competição, o Sub-15 teve um surto de COVID-19 no elenco. Juntamente com a maioria do elenco, o goleiro Caio Barone foi um dos infectados. Após o período de quarentena, o jogador retornou as atividades e à titularidade. No entanto, algumas falhas do goleiro aconteceram em jogos importante, como no clássico contra o Botafogo.

A reportagem soube a partir de uma informação em off, que familiares próximo do goleiro acabaram precisando de internação por causa da infecção do novo coronavirus. Caio Barone precisou passar por isso tudo, até chegar essa final, com todo mundo finalmente com a saúde em dia. E era necessário, por causa de toda emoção que a final reservou.

Gilvan de Souza / Flamengo

Todos os jogadores estavam acertando suas cobranças. Dessa forma, a decisão foi para as alternadas. Após o Fla fazer o seu, chegou a vez do zagueiro do Flu, Mateusão, com passagens recentes pela Seleção Brasileira. Contudo, Caio Barone não se intimidou e, simplesmente, encaixou a batida do zagueiro. Flamengo campeão e superação do paredão rubro-negro.

Por fim esta foi a segunda conquista do Sub-15 do Flamengo em 2021. Anteriormente, a equipe havia levantado a taça da Copa FCB em Março. Agora, a equipe começa a preparação para o Campeonato Carioca que inicia na próxima semana.

Confira a defesa do título e a comemoração:

Twitter: @Victor_Andrade4.

Quer receber as notícias em seu whatsapp? Sim? Então, salve o nosso contato: (21) 97876-5385 e mande uma mensagem para nós!