Flamengo
Gilvan de Sousa/CRF

Entre renovações e contratações, o vice de futebol, Marcos Braz, já olha para frente em busca de novas conquistas em 2023.

“O processo, o ciclo, fazem parte da vida. Eu estou aqui e amanhã será outro dirigente. Esse processo, dentro do Flamengo, vai passar. Já fizemos uma grande janela, com Cebolinha, Varela, Pulgar… Jogadores de seleção. É continuar a renovação para segurar os títulos que ganhamos e consertar as coisas que erramos. Não é porque ganhamos dois que não erramos. 2023 vem aí. O título é da torcida e da instituição, e semana que vem começamos a trabalhar pensando em 2023”, declarou.

Entre algumas das possíveis renovações importantes estão, por exemplo, as do técnico Dorival Júnior e do lateral esquerdo Filipe Luís. Sobre a do treinador, Braz despistou:

“Às vezes, não podemos ou não devemos nos posicionar em função das grandes finais ou quando você está buscando um jogador de determinada posição. Com os dois títulos, se Deus quiser, vamos mais fortes para a temporada que vem.”

O Flamengo chegou ao Rio de Janeiro no fim da manhã de ontem e não teve contato com o público em colaboração com os órgãos de segurança por conta das eleições presidenciais.

Twitter: @diego_alarconf

 

Comentários do Facebook