Foto: Alexandre Vidal

O Flamengo tinha tudo para deixar o Serra Dourada com mais três pontos na tabela do Brasileiro e a manutenção da vantagem de dez pontos para o Palmeiras. Após abrir 2 a 0 em Goiânia, com Gabigol e Rodrigo Caio, o rubro-negro acabou cedendo o empate no último minuto. Rafael Moura diminuiu para os goianos e Michael marcou no fim. O Fla perdeu o goleiro César expulso após o mesmo falhar em uma saída de bola e se ver obrigado a cometer falta em Michael. Gabriel Batista entrou mas não evitou o tropeço.

Com o empate, o Flamengo alcançou os 68 pontos na tabela do Brasileiro. A vantagem para o Palmeiras agora está em oito pontos, já que os paulistas derrotaram o São Paulo por 3 a 0. O Goiás se manteve na 10ª colocação com 39. Na próxima rodada, o  Flamengo recebe o Corinthians no Maracanã no domingo, às 16h. O atacante Gabigol, punido com o terceiro amarelo, está fora da partida.

O jogo marcou o maior público no estádio Serra Dourada nos últimos 10 anos. Com maioria rubro-negra na arquibancada, 35.170 pagantes estiveram no estádio.

Fla sente falta de Gerson e faz primeira etapa muito abaixo

O líder do campeonato foi a campo sem Gerson e Rafinha, poupados. A justificativa de Jorge Jesus se baseou na chance de entrar em campo com muitos atletas pendurados com dois cartões. Sem os dois, apenas Gabigol e William Arão, do onze inicial ofereciam risco. O atacante acabou punido.

O Flamengo até tentou impor o seu modelo de jogo no início da partida, com imposição, troca de passes rápida e muitas finalizações perigosas. Entretanto, os comandado por Jorge Jesus sentiram muita falta de Gerson, o motor da equipe rubro-negra. Ainda assim a principal chance da etapa inicial foi do líder do campeonato. Aos 05 minutos, Everton Ribeiro cruzou e Pablo Marí cabeceou com muito perigo. A bola bateu na trave, para alívio do goleiro Tadeu.

Com muita dificuldade na saída de bola, uma vez que Piris da Motta não oferece a qualidade dos demais meias do Fla, o Goiás foi aos poucos ganhando campo para jogar e chegou a levar perigo ao gol de César. A principal chance do esmeraldino foi aos 29 da etapa inicial, após cabeçada muito perigosa de Fábio Sanches. Embora só tenha conseguido criar mediante chutes de fora da área, principalmente com o ex-rubro-negro Rafael Vaz, o Goiás terminou os 45 minutos iniciais com o dobro de finalizações do virtual campeão brasileiro.

Flamengo mostra força pelo alto mas Goiás arranca o empate

Na segunda etapa, o Flamengo voltou a campo sem alterações. A diferença do rubro-negro em relação aos 45 minutos iniciais foi a habitual letalidade nas jogadas de perigo. Pelo alto, os cariocas furaram a retranca armada pelo Goiás para evitar a derrota em casa. Aos 8 da etapa final, Arrascaeta serviu Gabigol. Cara a cara com Tadeu, o artilheiro do campeonato desperdiçou a oportunidade.

A redenção de Gabigol veio no minuto seguinte. Após cobrança de escanteio, Rodrigo Caio cabeceou à queima-roupa, Tadeu não segurou e o artilheiro do futebol brasileiro em 2020 foi oportunista, marcando o seu 20 gol no Brasileirão. Aos 17 minutos, novamente o Flamengo mostrou que é mortal também nas bolas paradas. Após novo cruzamento de Everton Ribeiro, de cabeça Bruno Henrique achou Rodrigo Caio. O zagueiro cabeceou sem chances de defesa para o goleiro Tadeu.

Apesar da vantagem no placar, o Flamengo seguiu apresentando falhas que possibilitaram ao Goiás voltar à partida. Já com Gerson em campo (no lugar de Arrascaeta) o Fla sofreu com seu maior carrasco neste século: Rafael Moura. O oportunista atacante aproveitou assistência de Michael, o melhor do Goiás na partida, e diminuiu no Serra Dourada.

O Goiás passou a dominar as ações em busca do empate. Aos 39 minutos, Cesár errou uma saída de bola e precisou cometer violenta falta em Michael. O goleiro foi expulso e substituído pelo jovem Gabriel Batista. O jogo, que parecia controlado, tomou ares de drama, o Goiás cresceu ainda mais e o melhor jogador em campo foi premiado com o gol de empate, com gosto de vitória: Michael empatou e fez o Serra Dourada explodir.

Comentários do Facebook