Desde quando a Gávea deixou de ser utilizada, o Flamengo tem o Maracanã como seu principal palco para mandar seus jogos de futebol. No entanto, nos últimos anos, diversos projetos foram colocados em pauta, mas nunca saíram do papel.

Entretanto, o sonho da torcida parece estar cada vez mais próxima, de acordo com o portal Gávea News, a atual diretoria apresentou à Prefeitura do Rio de Janeiro um projeto, obtendo retorno positivo do atual Governador, caso seja reeleito.

PROPOSTA ESTÁDIO DO FLAMENGO PARA PREFEITURA

A proposta é para o Clube passar a administrar o Parque Olímpico na Barra, hoje, em condições de “Elefante Branco”, no qual o Flamengo manteria uma parte das instalações e, em troca, teria cedido um espaço para construção de um estádio de capacidade para até 70.000 pessoas.

Em relação à carência de transporte coletivo no local, o governador Cláudio Castro vê a necessidade de um metrô. Mas não pela Zona Sul, e sim, prolongando a “Linha 2” e criando a “Linha 5”. Saindo de Vicente de Carvalho, o novo metrô passaria por Madureira, Praça Seca, Tanque, Taquara ou Pechincha, Curicica e com estação final no Parque Olímpico.

Ainda faltam estudos para a viabilidade de financeiramente de fazê-lo subterrâneo, usando o “tatuzão”, ou pela superfície, como é hoje a “Linha 2”.

Resolvida a questão de local e sistema de transporte, o investimento de cerca de R$ 1,5 bilhão viria da maior empresa de e-commerce chinesa, a “Alibaba Group”. Interessada em competir com Mercado Livre e Amazon no Brasil, ela adquiria ainda os Namings Rights do Estádio, garantiria espaço na camisa da equipe por 10 anos e percentual de receita do espaço para shows.

VEJA MAIS

Mercado da Bola: Veja quais reforços o Flamengo busca nesta janela de transferências

DE SAÍDA! Diretoria do Flamengo decide não renovar com Maurício Isla

SRN

Twitter: @pabloraphaelrua

Comentários do Facebook