Foto: Reprodução Internet

Após a disputa do Mundial de Clubes, onde era esperado o início das conversas sobre uma possível permanência de Gabigol ainda não aconteceu. Com o empréstimo próximo do fim nesta terça-feira, dia 31, o jogador estará à disposição do clube italiano. O interesse do Rubro-negro é de que ele fique, porém ainda não foi decidido nada entre o atleta e diretoria.

O Rubro-negro vive um impasse sobre a compra dos 80% dos direitos do atacante, que seria até esta terça-feira, quando acaba o período do empréstimo. A diretoria do Flamengo estipulou que irá resolver tudo nas primeiras semanas de janeiro e tentará definir algo até o último dia do ano junto de seus representantes.

Em entrevista ao jornal O Globo, os dirigentes nerazzurros não pretendem dificultar as coisas com o Flamengo. O entendimento é que o atacante não faz parte do projeto do clube. Há opções satisfatórias para o ataque, como Lautaro Martínez e Lukaku.

“Estamos abertos a tudo. Disponíveis. Mas ainda não tem nenhum acordo” – disse ao GLOBO o CEO da Inter de Milão, Giuseppe Marotta.

No clube, o interesse de Gabigol na permanência divide opiniões. Além de acertar os valores com a Inter, definidos até agora em 16 milhões de euros, falta o denominador comum sobre o salário do jogador em um contrato de quatro a cinco anos. O atleta pediu 3 milhões de euros líquidos, salário padrão europeu, mas o Flamengo ofertou um pouco menos.

Comentários do Facebook