Foto: Reprodução

Desde o erro decisivo na final da Libertadores contra o Palmeiras, Andreas Pereira recebe apoio e críticas de torcedores nas redes sociais. Nesse sentido, a Raça Fla, maior torcida organizada do Fla, foi até o CT do Ninho do Urubu se solidarizar e cobrar o meio-campo, que chegou neste ano do Manchester United.

Contudo, o bate-papo com Andreas foi em tom ameno, juntamente com cobrança ao meia. Dessa forma, o o belga-brasileiro disse que “só sai do Flamengo quando ganhar uma Libertadores”. Assim, os torcedores que foram até Vargem Grande, zona Oeste do Rio de Janeiro, prometeram apoio das arquibancadas, ao mesmo tempo em que afirmou que outro erro não será permitido.

O erro do meia de 25 anos, que causou o segundo gol de Deyverson, abalou bastante o jogador já em Montevidéu. Logo após o apito final, o ex-jogador do Manchester United foi visto chorando no banco de reservas, assim como no vestiário e no saguão do hotel. Além disso, parentes e amigos do atleta ficaram preocupados com a reação dos torcedores no retorno para o Rio de Janeiro.

Andreas Pereira recebe apoio nas redes sociais

Dessa forma, o jogador se pronunciou nas redes sociais pedindo desculpas e dizendo que irá conquistar a torcida do Flamengo novamente:

“Nação, tô aqui com coração apertado! Hoje eu errei! Não faltou vontade, raça… e nunca vai faltar! Momentos difíceis mostram o caráter do nosso grupo que nesses 3 meses me acolheu na família Flamengo com tanto carinho! Peço desculpas pelo erro de hoje! 🙏🏼😔❤️🖤 Eu prometo, vou reconquistar vocês” – disse.

Nesse ínterim, Andreas Pereira recebe o apoio na web, igualmente com muitas críticas. Neste terça-feira (30), o jogador junto com o elenco do Flamengo reencontra a torcida após o vice da ‘Liberta’. O meia deve ser titular na equipe comandada por Maurício de Souza, técnico interino que assume no lugar de Renato Gaúcho, demitido ontem (29).

Twitter: @Victor_Andrade4.

Comentários do Facebook