Flamengo
Reprodução

Não é de hoje que o tem “estádio” é falado no Flamengo. No entanto, o assunto tem ganhado força nos bastidores do Clube. A ideia dos dirigentes Rubro-Negros é de construir um estádio para grandes públicos e não um pequeno, que complementaria o Maracanã.

A princípio, o estádio seria construído com a participação de investidores e já se tem até um local preferido. A ideia é contruir a casa Rubro-Negra no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca. Além do estádio, o Clube tem interesse nas arenas, como a de basquete por exemplo, afim de mandar os jogos do Flabasquete.

Para o Flamengo, é importante ter um estádio com capacidade de pelo menos 80 mil torcedores. Isso porque permite a realização de todos os tipos de jogos. Se eventualmente uma partida tiver uma demanda menor, setores podem ser fechados e, consequentemente, a despesa será diminuída, algo que já é praticado atualmente.

Vale lembrar, que o presidente Rodolfo Landim terá uma reunião com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, na próxima quinta-feira, para tratar do tema. Contudo, Paes já se manifestou nas redes socais e lembrou que o Parque Olímpico é uma área privada:

“Sempre à disposição para ajudar qualquer clube do Rio, mas gostaria de lembrar que o Parque Olímpico é uma área totalmente privada, com exceção de algumas arenas. Foi dessa forma que conseguimos fazer as Olimpíadas sem gastar recursos públicos na construção de estádios”, postou Eduardo Paes.

Flamengo pode desistir do Maracanã

O assunto estádio voltou à tona por causa da ação da Casa Civil em assuntos do Maracanã, como no pedido do Vasco de atuar no estádio na partida contra o Sport, algo que tinha sido rejeitado por causa do planejamento para o gramado.

Atual permissionário ao lado do Fluminense, o Flamengo não descarta desistir de participar da licitação, como informou “O Globo”. Não agradou a necessidade prevista de compartilhamento com os outros grandes clubes cariocas.

Twitter: @diego_alarconf

 

 

Comentários do Facebook