Universidad-Catolica-Flamengo-Chile-Retrospecto
Foto: Divulgação

Amanhã (28), às 19h, o Flamengo enfrenta a Universidad Católica, no estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile. A partida valerá pela 3ª rodada do Grupo H da Libertadores. Com duas vitórias, o favorito Rubro-Negro busca emplacar mais um triunfo, porém o retrospecto histórico diz o contrário.

O Flamengo nunca sequer, somou ponto contra a Universidad Católica no Chile. Ou seja, não venceu e nem empatou fora de casa. No geral, as duas equipes disputaram três jogos em território chileno, sendo: três derrotas para o Mais Querido. Ambos ocorreram pela Libertadores.

Em 2002, aconteceu o primeiro confronto no Chile e o Rubro-Negro tinha um grupo estrelado: Júlio  Cesar, Juan, Athirson, Andrezinho, Ávila, Felipe Mello, Juninho Paulista, Petkovic, entre outros. Apesar disso, perdeu de 2 a 1, o gol do Mais Querido foi de Felipe Mello.

Após oito anos, Flamengo e Universidad Católica voltaram a se encarar pela Glória Eterna e o resultado se manteve, mas com alteração no placar: 2 a 0. O elenco recém campeão Brasileiro contava com atletas como: Bruno, Léo Moura, Angelim, Petkovic e Vagner Love.

E em 2017, com um grupo menos estrelado, foi ao Chile para ser derrotado por 1 a 0. Com isso, o atual time do Mais Querido tem o dever de quebrar o tabu. Bem como, é algo que o este grupo está acostumado a fazer nos últimos anos.

Além desses duelos, Flamengo e Universidad Católica se enfrentam em outras três oportunidades, sendo ambas no Maracanã. O Rubro-Negro venceu duas e perdeu uma. Portanto, ao todo, são seis partidas entre os clubes: duas vitórias do Mais Querido e quatro triunfos dos chilenos.

Comentários do Facebook