Gerson - Foto divulgação: Olympique de Marselha

Enquanto no Flamengo, Gerson recebia os maiores elogios por parte da imprensa, no Olympique de Marselha a situação já não é a mesma. Após a derrota por 4 a 2 contra o Galatasaray, na tarde da última quinta-feira (25), que culminou na eliminação do clube francês da Liga Europa, o ex-jogador rubro-negro foi massacrado pelo L’Équipe, principal jornal esportivo da França, e recebeu nota 2 para sua atuação.

“O brasileiro nunca coloca a intensidade que precisa a este nível e é uma constante desde a sua chegada. Vinte milhões de euros para passes de três metros. Isso começa a ficar caro. Como ele ficou no gramado até o fim?”, iniciou a crítica.

“Tudo vai devagar com ele, mesmo que ele consiga, quando está um pouco menos pressionado, fazer alguns bons passes,” continuou a publicação do L’Équipe.

“O jogador da seleção brasileira está em dúvida há vários meses. E às vezes dá a impressão de que a culpa é de todos, exceto sua. É necessário um grande questionamento,” concluiu o jornal francês.

Gerson foi anunciado pelo Olympique no dia 1º de julho deste ano. Ao todo, o meia brasileiro de 24 anos marcou apenas um gol em 15 partidas disputadas com a camisa do clube francês.

No Flamengo, o volante viveu seu melhor momento na carreira até então, sendo peça fundamental no time bicampeão brasileiro (2019 e 2020) e campeão da Libertadores em 2019.

Apesar de estar em má fase na Europa, vale destacar que, o jogador vem sendo convocado por Tite para fazer parte da Seleção Brasileira.

SRN

Instagram: @monicaalves_

Comentários do Facebook