Gabigol
Gilvan de Souza/Flamengo

O ídolo do Flamengo Gabigol, deu entrevista ao podcast da Conmebol. Dentre outros temas, um bem inusitado foi colocado em pauta. Nesse sentido, trata-se do atacante usar o corte “loiro pivete”, tão pedido pelos torcedores, que foi respondido prontamente:

“Estão me perturbando com essa coisa do loiro. Acho que é muito do momento, sinceramente, não tenho superstição nenhuma. Cabelo é meu, faço o que eu quero. Não sei o que vai acontecer. Hoje ele está assim, pode ser que no jogo ele esteja amarrado, pode ser que esteja careca, pode ser que esteja de cabelo vermelho. Não sei, acho que é uma coisa muito do momento. Falta bastante tempo ainda. Pode ser que sim, pode ser que não […] Pessoal sempre brinca, pede pra eu pintar direto. Mas vamos ver… Talvez sim”, declarou o atacante rubro-negro.

Vale lembrar que todo esse “clamor” pra cima do corte de cabelo de Gabigol, se remete ao fato dele ter usado o corte “loiro pivete”, em 2019, na final da Libertadores, diante do River Plate, da Argentina. Na ocasião, o atacante marcou os dois gols que deram a virada e o título da competição ao Flamengo.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook