Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Em clássico equilibrado do início ao fim, Matheus França marca dois na vitória por 3 a 0 no jogo da volta, e classifica o rubro-negro para as semifinais. Cleiton abriu o placar de cabeça no primeiro tempo. Contudo, no fim do jogo, cenas lamentáveis de uma briga generalizada entre os jogadores ofuscou um boa partida de futebol entre os cariocas.

Desde o apito inicial, a partida desta terça-feira (26) na Gávea se mostrou aberta. Apesar de estar com a vantagem e jogando fora de casa, o Vasco teve duas grandes chances de abrir o placar antes dos dez primeiros minutos.

Primeiramente, após recuperar a posse de bola, Andrey achou Figueiredo sozinho nas costas da defesa do Fla, mas o atacante tentou encobrir Matheus Cunha e jogou para fora. Logo depois, aos 5″, novamente o Vasco roubou a bola, e MT encontrou outro espaço na zaga rubro-negra encontrando Vinicius sozinho, que chutou em cima do goleiro flamenguista.

Por outro lado, a primeira chance do Mais Querido foi na sequência com Lázaro, que recebeu sozinho e chutou pra fora. Porém, em novo erro de saída de bola do Flamengo, Figueiredo aproveitou e tocou para Andrey, que passou pelo zagueiro e acertou o travessão.

Mesmo com as melhores chances da primeira etapa sendo do rival, foram os Garotos do Ninho que abriram o placar. Precisando fazer pelo menos dois gols de diferença para avançar de fase, Cleiton aproveitou escanteio cobrado por Yuri e colocou para o fundo das redes.

Dessa forma, com o placar parcial levando para pênaltis, o Vasco decidiu atacar logo no início da segunda etapa. No primeiro minuto, Vinicius arrancou pela esquerda e foi parar dentro da área, quando arriscou um chute mas Matheus Cunha defendeu no abafa. Em seguida, foi o Flamengo que teve a chance de fazer o segundo. Lázaro tocou para Matheus França, que balançou pra cima do zagueiro, mas chutou por cima do gol.

Ao contrário da primeira etapa, as equipes tentaram se expor menos, porque em caso de gol a classificação ficaria no colo do rival. Por isso, após as alterações dos treinadores, a melhor chance de gol veio aos 31″, e foi dos visitantes. Marco Dias chegou pela esquerda e cruzou para Menezes, que tocou para o meio da área onde Zé Vitor chegou chapando. Mas Cleiton, autor do único gol até ali, impediu o empate adversário.

Todavia, foi no talento individual de uma joia do Ninho do Urubu que a classificação foi decidida. Matheus França recebeu na entrada da área, e mesmo com a perna esquerda, chapou no canto de Fintelmann e um lindo chute para fazer 2 a 0. E na sequência, no minuto 43, o camisa 11 marcou o segundo e sacramentou a vaga do Flamengo nas semis depois que pegou a sobra e só precisou colocar no cantinho.

Com o resultado de 3 a 0, uma fonte do site informou que jogadores reservas do Flamengo provocavam o banco do Vasco. Então, no final do jogo, as imagens da transmissão captaram o momento em que Matheus França falou algo para o volante Juninho. Com os nervos a flor da pele, a discussão entre os jogadores eclodiu uma briga generalizada que envolveu de jogadores até membros das comissões técnicas. E somente foi apartada pelos seguranças dos dois clubes.

Por fim, o rubro-negro enfrenta agora o São Paulo na semifinal do Brasileirão Sub-20. O tricolor paulista eliminou o Athletico-PR na segunda (25).

Twitter: @Victor_Andrade4.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui