maracanã
Reprodução

O Vasco da Gama enviou ofício ao Consórcio Maracanã, administrado por Flamengo e Fluminense, e à CBF, solicitando a utilização do estádio para a realização da estreia de Alex Teixeira no jogo contra a Chapecoense, no próximo dia 31. Diante do “silêncio” de Fla-Flu, o clube cruzmaltino ameaçou utilizar a justiça para que a partida se realize. As informações são do GE. Confira trecho do documento:

“Como até o momento o Vasco da Gama não recebeu nenhuma resposta, seja do CR Flamengo ou do Consórcio Maracanã, o clube oficiou às duas entidades no fim da tarde de ontem informando que, como o prazo original estabelecido para a resposta (última sexta-feira 22/07) não havia sido cumprida, e como estamos no limite de tempo para viabilizar as providências necessárias para a organização da partida no próximo domingo, o clube entenderá, no caso de silêncio das outras partes até às 12h de hoje, que o Maracanã lhe foi negado, pela segunda vez consecutiva, e partirá para tomar as providências cabíveis para resguardar o que entende ser seu justo direito”.

Vale lembrar que o Mais Querido joga no Estádio Mário Filho nos dias 27 e 30 e, a principal justificativa do Consórcio é a preservação do gramado, que inclusive, ficou fechado recentemente para reparos.

 

Comentários do Facebook