Marinho presenteou jovens com ovos de páscoa. Foto: Gilvan de Souza
Marinho presenteou jovens com ovos de páscoa. Foto: Gilvan de Souza

O Flamengo venceu o América Mineiro por 3 a 0, na noite de ontem (25) com o Maracanã lotado, pela décima quarta rodada do Campeonato Brasileiro. A vitória colocou o Mais Querido na sétima colocação da tabela  e espantou, momentâneamente, a má fase da Equipe. As informações são do portal UOL Esportes.

A partida marcou, também, a redenção de Marinho, que precisou de poucos minutos em campo para balançar as redes, pela primeira vez desde sua estreia em fevereiro, com um forte chute de fora da área. O atacante se emocionou e chorou muito durante a comemoração.

Em entrevista pós-jogo o atacante foi modesto, desabafou e “alfinetou” o ex-técnico Rubro-Negro Paulo Sousa : “Não tem sido fácil. Ter a oportunidade de vestir essa camisa é um privilégio. O choro é de desabafo porque eu estou trabalhando muito. Eu trabalho quietinho, respeitando todo mundo. Dorival falou que vai me dar oportunidade e eu estava precisando disso. Eu não sou craque, mas sou dedicado. É um privilégio vestir a camisa do Flamengo e vou fazer de tudo para dar alegria ao torcedor. Pai, o gol é pra você. Para a minha famíla também, minha esposa e minha filha que estão aqui.”

Vale lembrar, que durante a passagem do técnico paulo Sousa, Marinho atuou, muitas vezes, fora de sua posição. Sobre isso, declarou:” Vocês acompanharam a minha chegada. Fiz gol na estreia e depois as coisas não aconteceram. Não vou voltar ao que aconteceu lá atrás. Mas, agora voltei a ter oportunidade onde jogo e onde sempre joguei. Estou no Flamengo pelo que fiz no Santos, jogando daquele lado.”

SRN

Sílvia Lima

Comentários do Facebook