Foto: Marcelo Cortes/C.R Flamengo

O Vasco ajuizou na última sexta-feira uma ação na Justiça contra o Flamengo, para poder jogar contra o Sport no Maracanã no próximo dia 3 de julho, em jogo válido pela 16ª rodada da Série B do Brasileirão. O clube entrou com um pedido de liminar para derrubar o veto do consórcio, que proibiu a realização da partida no estádio.

A ação da equipe cruzmaltina é contra o Flamengo, permissionário do consórcio do Maracanã – o Fluminense é o interveniente anuente. A informação do ingresso do clube na Justiça foi publicada primeiramente pelo jornalista Lauro Jardim.

CONFIRA PARTE DA NOTA DA AÇÃO VASCAÍNA 

“Ocorre que, como se pode notar pela injustificada negativa de disponibilização do estádio Maracanã para a partida entre o Clube de Regatas Vasco da Gama e o Sport Clube Recife, houve manifesta violação tanto dos termos da proposta comercial quanto do próprio termo de permissão de uso do Complexo.

[…] Repita-se, para que fique claro: o Flamengo não é o proprietário do Maracanã, mas mero permissionário que tem sua conduta limitada pelos termos do contrato, que prevê expressamente a isonomia entre os clubes, sendo a única restrição a disponibilidade da data pretendida. Nada além”.

 

Comentários do Facebook