FlaTV sofre ataque hacker pela segunda vez em menos de 1 mês. Foto: Divulgação

Pela segunda vez, em um intervalo de menos de um mês, o canal da FlaTV no YouTube foi hackeado. A invasão ocorreu na manhã desta segunda (25), e assim como o último ataque, o canal foi retirado do ar.

LEIA TAMBÉM: Copa do Brasil: Torcida Rubro-Negra esgota ingressos para Flamengo x Athletico-PR

A princípio, o protocolo da plataforma é de excluir os canais que sofram algum tipo de invasão hacker, ou tentativa. Por isso, o Flamengo não tem seu canal oficial no ar, até então, no YouTube.

Além disso, o invasor foi o mesmo que hackeou a FlaTV no dia 27 de junho. Assim como da última vez, o hacker transmitiu uma live, com o título ‘Breaking News! Tesla CEO Elon Musk Buys $10 billion bitcoin and ethereum! Ark invest’, antes do canal ser apagado.

FlaTV tem seu canal desativado. Foto: Reprodução/Twitter
FlaTV tem seu canal desativado. Foto: Reprodução/Twitter

Até o momento, o clube carioca não se pronunciou sobre o ocorrido. Vale lembrar que o Flamengo tem o maior canal de clubes no Brasil, e um dos maiores do mundo, com cerca de 6,52 milhões de inscritos. Além da monetização e retorno em dinheiro para o Mais Querido, o canal de vídeos também é uma ferramenta para manter o torcedor atualizado e mais próximo do time.

Siga o Urubu Interativo no Twitter!

Me acompanhe nas redes sociais: @fabricialjor

Comentários do Facebook