Fla
Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo entrou em campo na noite deste sábado, para afastar os últimos resultados da mente do torcedor e por que não, do time. Nesse sentido, o Rubro-Negro, com apoio de 42.931 torcedores no Maracanã, venceu o América-MG, por 3×0 e se afastou da incômoda zona de rebaixamento.

Resumão da vitória do Fla

A primeira etapa foi toda do Flamengo. O Rubro-Negro criou boas oportunidades com Rodinei, João Gomes e Gabigol. O América pouco ameaçou o gol de Santos. Aos 40 minutos, após cobrança de tiro de meta do goleiro Santos, Pedro levou a melhor em cima da marcação e encontrou o camisa 9. O atacante do Fla bateu na saída de Matheus Cavichioli e inaugurou o marcador. O Rubro-Negro poderia ter saído com um placar melhor, mas pecava no “último passe”.

Na segunda etapa, o panaroma foi o mesmo. O Flamengo senhor do jogo, dono da bola. Logo aos 4 minutos, Rodinei tabela com Gabigol, que levanta para o lateral na área. O camisa 22 tenta encobrir o goleiro, mas manda na rede pelo lado de fora. Aos 8, pênalti a favor do Fla. Arrascaeta cai em lance com Marlon na área e a arbitragem marca a penalidade. Contudo, Gabigol tenta deslocar o goleiro e acaba jogando pra fora, desperdiçando a chance de aumentar o placar. Entretanto, aos 27 min, o Flamengo consegue um contra-ataque rápido com Pedro, que lança Everton Ribeiro. O camisa 7, que tinha acabado de entrar, rola para Arrascaeta, que manda com liberdade para o gol. O América ainda chegou duas vezes, mas Santos parou as tentativas dos Mineiros. No fim, aos 45 min, Marinho faz jogada individual na entrada da área e chuta para marcar o terceiro do Flamengo, dando números finais a partida.

E agora?

Com a vitória, o Fla chega aos 18 pontos e pula do 14º para o 8º lugar na classificação do Brasileirão.

Próximo compromisso

O Flamengo agora vira a chave para a Copa Libertadores. O time comandado por Dorival Júnior, vai a Colômbia. Nesse sentido, encara o Deportes Tolima, pela primeira partida das oitavas do torneio continental. A partida está marcada para a próxima quarta, às 21h30.

Twitter: @diego_alarconf

 

Comentários do Facebook