Flamengo
Foto: Nayra Halm / Foto do jogo Foto: Nayra Halm / Foto do jogo

Mais um sábado de show rubro-negro na Gávea. Isso porque No primeiro jogo do dia, o Sub-15 do Mengão goleou o Madureira por 7 a 0, pela nona rodada da Taça Guanabara da categoria. Os gols dos Garotos do Ninho foram marcados por Joshua (2), Tallyson, Hidaka, David Viana (2) e Bidu. Com o triunfo, o Mengão somou 23 pontos na competição e segue na segunda colocação.

O jogo
A partida começou com o Flamengo tomando a iniciativa e partindo para o ataque. Logo aos três minutos, Tallyson arriscou o chute de fora da área e obrigou o goleiro a espalmar para escanteio. Não demorou muito para o Mengão abrir o marcador! Aos 8’, João Paulo fez boa jogada dentro da área, driblou a marcação e só rolou para Joshua empurrar para as redes: 1 a 0.

Aos 18’, o Mais Querido ampliou! Hidaka deu ótimo passe para Tallyson, que entrou em velocidade na área, passou pelo goleiro e finalizou rasteiro para marcar o segundo gol rubro-negro: 2 a 0. A primeira etapa terminou com amplo domínio do Fla.

Na volta do intervalo, o Mengão chegou ao terceiro com apenas 5’. Guilherme Santos cruzou na medida para Joshua concluir de cabeça para o fundo das redes: 3 a 0. O time rubro-negro não dava espaços para o Madureira, que mal conseguia sair do seu campo de defesa.

Aos 16’, o quarto gol rubro-negro saiu com naturalidade. Hidaka recebeu na entrada da área e acertou um belo chute no canto esquerdo do goleiro: 4 a 0. O Fla não diminuiu o ritmo e continuou atacando, até que aos 22’, foi marcado um pênalti a seu favor. David Viana, que tinha acabado de entrar, bateu com categoria e ampliou a vantagem: 5 a 0.

Dois minutos depois, David marcou mais um para o Mengão! O atacante aproveitou o rebote do goleiro Miguel e fez o sexto gol da partida: 6 a 0. Para completar a goleada, aos 32’ Bidu recebeu na intermediária, girou sobre a marcação e bateu forte, com estilo, no cantinho para fazer 7 a 0 no Tricolor Suburbano.

Escalação do Fla
Léo Nannetti; Guilherme Santos, Yago, João Victor e Italo (Luís Felipe); Pablo, Tallyson (Bidu) e Lucas Vieira (Kauã Moreira); Joshua (Ramon), Hidaka (Douglas Telles) e João Paulo (David Viana).
Técnico: Léo Cherede.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook