O Flamengo perdeu mais um dos grandes rubro-negros de sua história: Gilson Ricardo. O radialista nos deixou aos 74 anos, após sofrer infarto em casa, na Ilha do Governador. O Rubro-Negro, time de coração do também apresentador, cedeu o salão nobre da Gávea, sede do clube, para o velório.

O velório de Gilson Ricardo vai até às 15h, no salão nobre da Gávea, sede do Flamengo, Zona Sul do Rio de Janeiro. O sepultamento está marcado para as 17h, no Cemitério do Cacuia, na Ilha do Governador – bairro onde morava o radialista.

A tradicional Rádio Tupi, local onde trabalhava Gilsão, ficou encarregada de dar a triste notícia aos fãs de futebol. Minutos depois, o Flamengo também prestou homenagem ao rubro-negro nas redes sociais:

“O Clube de Regatas do Flamengo lamenta profundamente o falecimento do radialista, apresentador e grande rubro-negro Gilson Ricardo. Muita força aos familiares e amigos neste momento tão triste. Descanse em paz, Gilsão”, escreveu o clube nas redes sociais.