Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Depois da polêmica criada no sorteio das quartas de final da Copa do Brasil, onde o Flamengo se sentiu incomodado por conta da definição dos mandos de campo, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) resolveu que revisará os processos para o próximo torneio, em 2023. As informações são do NetFla.

Internamente, a CBF também reconheceu que houve um problema de comunicação com os clubes sobre os procedimentos. E, também ficou claro que esse tipo de prática tem que ser incluído no regulamento da competição.

Portanto, para a edição de 2023, o presidente Ednaldo Rodrigues já orientou o departamento de competições a revisar as regras. Será decidido se a prática de inversão de mando de times da mesma cidade será mantida. Caso continue valendo, será incluído nas regras da Copa do Brasil.

SRN

Sílvia Lima

Comentários do Facebook