Gabigol
Reprodução

O Flamengo ostenta dois dos principais nomes do futebol sulamericano em seu elenco. Gabigol e Pedro demoraram para jogar lado a lado, mas desde que adotaram essa formação, em 2022, participaram diretamente de 79 dos 148 gols da equipe. O equilíbrio é tanto que a dupla empata em número de tentos.

Juntos, Gabigol e Pedro marcaram 64 gols desde o começo de 2022. Gabriel Barbosa precisou de 66 jogos, 57 como titular, para balançar as redes 32 vezes e contribuir com cinco assistências. O camisa 9, por sua vez, disputou 62 partidas, 36 entre os 11 iniciais, e marcou a mesma quantidade de tentos em relação ao companheiro (32) Ainda foi garçom em dez oportunidades.

O equilíbrio vai além do número de gols. A dupla tem a mesma porcentagem de pontaria no chute: 54%. A conversão de chances do Gabigol é de 46%, enquanto a do Pedro chega a 55%. Por outro lado, Gabi contribuiu com 79 passes decisivos – 29 a mais em relação ao camisa 9.

Gabigol e Pedro não devem ser utilizados diante do Bangu na próxima terça-feira (24), às 21h10. A tendência é que Vitor Pereira vá a campo com uma equipe alternativa para poupar os titulares para viagem a Brasília, pela Supercopa do Brasil. A decisão contra o Palmeiras está marcada para sábado, 28 de janeiro, às 16h30.