Está marcada para o dia 2 de fevereiro uma audiência para o processo judicial entre Marcos Braz, o vice-presidente de futebol Flamengo e vereador da cidade do Rio, contra José Carlos Isidro Pereira, o “Peruano”, conhecido conselheiro do clube. Braz acusa Peruano de difamação e injúria.

O caso se arrasta na Justiça desde 2021, quando o Marcos Braz ficou sabendo que foi chamado de “palhaço”, além de ter sido acusado de “trabalhar para empresários e receber comissões”. A fala de Peruano foi postada em seu canal, mas encontra-se indisponível no momento.

As informações acima foram trazidas por Ancelmo Gois em seu blog no O Globo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui