Paulo Sousa teria encomendado uma pergunta sobre Diego Alves, para responder durante a entrevista. Foto: Urubu Interativo
Paulo Sousa teria encomendado uma pergunta sobre Diego Alves, para responder durante a entrevista. Foto: Urubu Interativo

Depois da vitória magra por 1 a 0 sobre o Goiás, no Maracanã, o técnico Paulo Sousa concedeu entrevista coletiva acompanhado do vice Marcos Braz e do executivo de futebol Bruno Spindel para falar sobre o assunto que movimentou a semana em relação ao goleiro Diego Alves.

PS, Braz e Spindel admitiram a falha de comunicação entre a comissão técnica e os dirigentes e confirmaram que o goleiro nunca disse que tinha condições de jogo. Desse modo, o treinador colocou ‘panos quentes’ na crise interna que existe com o goleiro.

“Vamos abrir com o assunto que quero falar com vocês. Admito que deixei uma folha solta para vocês poderem especular. Nunca o Diego Alves se sentiu à disposição e nunca o Bruno me disse isso. Foi uma falta de comunicação entre meu fisioterapeuta e meu preparador. Falamos, conversamos, esclarecemos aquilo que tinha que esclarecer, como gente crescida. Da minha parte e da parte de todos, nós estamos centrados naquilo que queremos fazer que é ganhar”, disse Paulo Sousa.

“Episódio está superado. Todos aqui no Flamengo têm objetivo muito claro, que é conquistar títulos. Em nenhum momento o Diego se colocou à disposição para jogar”, continuou Spindel.

Comentários do Facebook