Flamengo
Gilvan de Sousa/CRF

Flamengo e Palmeiras se enfrentaram na noite da última quarta-feira e ficaram no empate em 0x0. Apesar da partida sem gols, o nível técnico da mesma foi alto e os torcedores viram um belo jogo. A partida e principalmente a atuação do Flamengo, foi bastante elogiada, principalmente pela imprensa.

A princípio, o jornalista Tulio Rodrigues elogiou a atuação Rubro-Negra  e fez questão de falar sobre (segundo ele) a “cera” feita pelo Palmeiras.

“O que faltou para o Flamengo? Fazer gol. Aproveitar as oportunidades que criou. O Flamengo teve várias oportunidades. É um Flamengo muito mais coletivo, muito mais com a cara de Paulo Sousa. Vale lembrar, também, que o Palmeiras não veio para jogar bola. Por vários momentos, tanto no primeiro quanto no segundo tempo, o time todo do Palmeiras estava atrás da linha da bola, na defesa”, disse o jornalista, que prosseguiu…

“Nós víamos cera (do Palmeiras) para bater lateral, cera para bater tiro de meta, do Weverton. Então, assim, o Flamengo, de fato, tem dificuldades de jogar contra equipes que se fecham mais. Lógico que hoje, contra o Palmeiras, se formos comparar com outras equipes do próprio Campeonato Carioca, que jogaram fechadas contra o Flamengo, essa talvez tenha sido até a melhor atuação do Flamengo. Paulo Sousa vem conseguindo criar soluções para o time”, concluiu

Em suma, passada a partida contra o Palmeiras, o Flamengo agora foca no seu próximo adversário. Nesse sentido, vai até o Paraná, encarar o Athletico-PR, na arena da baixada. O confronto será no próximo sábado, às 16:30h.

Twitter: @diego_alarconf

 

Comentários do Facebook