Olivinha do FlaBasquete - Foto: Flamengo
Na noite deste domingo (19), o Orgulho da Nação chegou à sua décima vitória em 11 jogos pelo Novo Basquete Brasil (NBB). Enfrentando a Unifacisa, no Maracanãzinho, o FlaBasquete se valeu de boa vantagem conquistada no segundo quarto e venceu com tranquilidade por 89 a 70.
Olivinha foi o cestinha do Mais Querido, com 19 pontos, seguido de perto por Brandon Robinson, com 18. Mineiro foi o líder em rebotes, com dez, e ainda marcou sete pontos; Yago chegou aos 15 pontos e sete assistências e também foi destaque.
FlaBasquete – Foto: Flamengo

O JOGO ENTRE FLABASQUETE X UNIFACISA PELA NBB

A partida começou disputada, com o Flamengo largando à frente, mas o adversário chegou a virar o placar faltando metade do período. Nos dois minutos finais, as equipes se revezaram à frente do placar e o árbitro marcou interferência na tentativa de três de Balbi. Com os pontos, o Rubro-Negro venceu o primeiro quarto: 19 a 18.
O adversário foi o primeiro a pontuar no segundo período, mas Dar Tucker acertou de fora do perímetro e devolveu a vantagem ao Flamengo. O equilíbrio do quarto anterior não se repetiu: com mais bolas de três do Mais Querido caindo, com Mineiro, Yago, Olivinha e Luke Martinez – no estouro do cronômetro -, os comandados do técnico Gustavo De Conti abriram largos 45 a 29 no placar.
Na volta do intervalo, a Unifacisa ensaiou uma reação, abrindo vantagem na parcial (11-16), mas o Flamengo correu atrás, deixou tudo igual a dois minutos do fim (18-18) e virou no alarme final (25-23). A vantagem construída no segundo período manteve o Rubro-Negro à frente com folgas para os dez minutos finais: o time foi para o quarto derradeiro vencendo por 70 a 52.
O último período também foi equilibrado, mas com baixo aproveitamento nos arremessos das duas equipes. Nos instantes finais, as bolas começaram a cair e a parcial fechou em 19-18, garantindo mais uma vitória do Mengão.

Próximo compromisso

O Mengão volta à quadra pelo NBB na próxima terça-feira (21), para a partida contra o Fortaleza, também no Maracanãzinho, último jogo em casa do Orgulho da Nação neste ano.
SRN
Comentários do Facebook