Foto: Harold Cunningham - UEFA

De acordo com o UOL, o Flamengo planeja estar no maior competição de futebol de clubes em 7 anos com um time português. Enquanto o projeto de internacionalização de marca avança com a captação financeira para realizar o investimento, a diretoria traça metas esportivas.

Recentemente, o projeto para expandir a marca do Mais Querido para o mundo teve um importante passo com a parceria do clube e o Banco BTG Pactual. Juntamente com a consultoria “Win The Game”, do ex-dirigente do Fla Cláudio Praconwick, investidores para o “Flamengo europeu” estão em processo de captação. Nesse sentido, vale destacar que nenhum real das finanças rubro-negras serão gastas.

Dessa forma, o Flamengo planeja adquirir um clube português para cumprir com as expectativas de internacionalizar o Mengo. Assim, algumas metas esportivas foram estipuladas. O plano feito para 10 anos, segundo o UOL, prevê a disputa da Champions League em 7 e 8 anos.

Além disso, a diretoria espera disputar outras competições da UEFA em breve. Recém criada pela entidade máxima do futebol europeu, o Fla quer chegar na Conference League em dois anos. Do mesmo modo, antes de pisar no principal torneio europeu, e o mais lucrativo, o Flamengo pretende estar em quatro anos na Europa League. Nesse ínterim, quando chegar nesse patamar de torneio, seria necessário um novo investimento no clube europeu rubro-negro.

Por fim, o projeto ainda não foi finalizado e uma equipe precisa ser decidida pela cúpula responsável. Capitaneado pelo Vice Presidente de Finanças, Rodrigo Tostes, o dirigente visitou alguns times de Portugal que poderiam viabilizar os planos do Flamengo. O mais cotado é o Tondela FC.

Twitter: @Victor_Andrade4.

Comentários do Facebook