Foto: Flamengo

O Flamengo perdeu para o Atlético-MG na tarde deste domingo (19) e a derrota conseguiu expor a limitação técnica, tática e física que a equipe vem apresentando durante toda a temporada. Dorival foi um dos responsáveis diretos pela queda de intensidade do time, as escolhas pelos ‘medalhões’ da equipe, é questionável.

ANÁLISE: JOGADORES DO FLAMENGO CONTRA O ATLÉTICO-MG

| Diego Alves – O primeiro gol não dá para colocar só na responsabilidade do camisa 1, no entanto, foi possível notar toda a falta de explosão que o arqueiro já não tem mais no segundo gol do Galo. 3,0

| Pablo – Um jogo bem ruim no defensor. Além de perder muitos duelos contra o Hulk e CIA, o zagueiro exagerou nos chutões para o alto. Talvez por isso que David Luiz seja o titular, a equipe precisa dessa construção defensiva, não adianta desarmar e não saber o que fazer com ela depois. 4,0

| Ayrton Lucas – Apesar de ser um dos que falharam no gol do Nacho, Ayrton fez um bom jogo, marcou muito bem o Hulk e tentou ganhar linhas no ataque. 5,0

Willian Arão
Análise pós-jogo: Flamengo 0x1 Atlético-MG – Um complexo de erros em escolhas – Gilvan de Souza/Flamengo

| João Gomes – O jogador mais regular da equipe. João foi o destaque da equipe defensivamente e ainda teve que ajudar na construção após a entrada totalmente sem nexo do Arão. Marcou e correu muito, algo que falta para parte dos jogadores do elenco atual. 7,0

| Andreas – No primeiro tempo foi um dos poucos jogadores que estava quebrando linhas, seja com um passe ou com drible. A saída do camisa 8 para o Arão, foi uma das coisas mais inacreditáveis que já vi em uma substituição. 6,0

| Vitinho – Nulo, sem conexão com a equipe e limitado fisicamente. Vitinho não tem voltagem para jogar em uma equipe de intensidade alta, erra quem escala. 2,0

| Marinho – Muita correria e pouco futebol. Falta além de consciência tática ao Marinho, uma coordenação motora sobre seu corpo, que não consegue executar exatamente o que ele quer fazer com a bola. 3,0

| Gabigol – Não é de hoje que Gabriel tem virado um jogador que prefere cair do que chutar. Além disso, por diversas vezes seus companheiros o procuram na área, e o CAMISA 9, não está na área como referência. 4,0

Dorival errou em tudo hoje. Começou com Vitinho, tirou o Andreas e deixou o Everton.Deu preferência ao Marinho ao invés de Lázar e colocou Diego em todos os seus  três jogos, desde que começou. O Fla enfrentou a versão do Atlético-MG… sem confiança e em crise, na quarta, enfrentará uma versão ainda mais letal.

SRN

Twitter: @pabloraphaelrua