Reunião
Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo

O tempo no Rio de Janeiro está nublado e chuvoso. Porém, em comparação ao do Flamengo, parece um dia ensolarado de verão. Isso porque o Clube se vê envolto em uma crise interna entre seu treinador e um dos principais líderes do elenco Rubro-Negro . Para acalmar as coisas, a direção do Mais Querido, fez uma reunião entre as partes, afim de resolver o assunto.

A princípio, Diego Alves, se reuniu com Paulo Sousa e Bruno Spindel, para falarem sobre as declarações de Paulo Sousa, após o jogo contra a Universidad Católica. Nesse sentido, o treinador mencionou que Diego Alves, teria pedido pra jogar a Bruno Spindel.

O encontro acabou contando, também, com Diego Ribas, que teoricamente não teria nada a ver com a situação, mas argumentou a favor do goleiro e como um dos líderes do elenco. Em meio ao pouco amistoso encontro, uma baixa. Nesse sentido, Marcos Braz, chefe de futebol do Flamengo, acabou não participando do encontro. Aliás, o dirigente nem ao Ninho do Urubu foi nesta quinta.

Ao final da conturbada reunião, Diego Alves exigiu uma retratação pública de Paulo Sousa, que prometeu se pronunciar na coletiva de imprensa após o jogo contra o Goiás, que será disputado no sábado (21). O goleiro, no entanto, deseja que o treinador se manifeste o quanto antes sobre o ocorrido.

É nesse clima, que o Flamengo precisa pensar no próximo compromisso. O Rubro-Negro recebe o Goiás, no próximo sábado, às 16h30, no Maracanã. Atualmente, o time de Paulo Sousa, ocupa a incômoda 16ª colocação, com 6 pontos conquistados, em 6 partidas.

Twitter: @diego_alarconf

 

 

Comentários do Facebook