Rafinha-São-Paulo-Flamengo-Nação
Foto: Reprodução/ Isabelle Costa

Após a derrota para o Flamengo, Rafinha, lateral do São Paulo, comentou sobre as vaias da Nação em pleno Maracanã e citou a tatuagem em homenagem ao Mais Querido. Assim, o defensor afirmou estar acostumado com esta situação e que a torcida Rubro-Negra gosta dele.

“Fico tranquilo, não tenho só tatuagem do Flamengo, tenho também dos títulos que ganhei na Alemanha, com o Bayern de Munique. E claro, isso aí já estou vacinado (xingamento da torcida). A torcida do Flamengo tem um carinho muito grande por mim. Quem ama, xinga, igual eles fazem comigo toda vez que volto aqui. Mas, sei que no fundo todos eles têm um carinho muito grande por mim.”

Rafinha assumiu a titularidade na lateral-direita do São Paulo, além de, em certas ocasiões, ser o capitão da equipe. Aos 36 anos, o atleta está no seu quarto clube brasileiro na carreira.

 

Comentários do Facebook