Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Gabigol pode ser denunciado por levantar a plaquinha na comemoração de seu gol no último jogo do Flamengo conta o Athetico-PR domingo dia 16. Decisão está na mãos da Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A informação foi divulgada pelo jornal “O Dia”, que recebeu a confirmação do STJD sobre a possível punição.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Na comemoração do seu gol aos 29 minutos do primeiro tempo da partida contra o Athletico -PR, na decisão da Supercopa do Brasil, o atacante do Flamengo não resistiu e correu para a torcida para levantar a famosa plaquinha “Hoje tem gol do Gabigol”.

Wilson Pereira Sampaio, o árbitro do jogo, relatou na súmula divulgada hoje pela CBF que o camisa 9, após marcar o gol, “se direcionou próximo a arquibancada onde se encontrava a torcida, pegando um cartaz que estava nas mãos de um torcedor e levantando o mesmo com os seguintes dizeres: ‘hoje tem gol do Gabigol’”.

A plaquinha já virou tradição em todos os estádios do Brasil e já inspirou até músicas em relação a grande campanha do time carioca em 2019. Porém o relato de Wilson Pereira Sampaio sobre o ato de Gabigol pode acabar trazendo problemas para o atacante do Flamengo.

A Procuradoria do STJD disse que vai analisar o lance para decidir se haverá denúncia ao jogador ou não por conta do ato da comemoração.

“Informo que, aos 29 minutos do 1° tempo, após a marcação de um gol em favor da sua equipe, o atleta n°09, sr. Gabriel Barbosa Almeida se direcionou próximo a arquibancada onde se encontrava a torcida do CR Flamengo, pegando um cartaz que estava nas mãos de um torcedor e levantando o mesmo com os seguintes dizeres: ‘hoje tem gol do Gabigol'”.

Caso seja denunciado, será a segunda vez que Gabigol será julgado por comemorar com a plaquinha. Em 2019, ele foi a juízo, mas foi absolvido. Porém, desde então, o camisa 9 do Flamengo evitava festejar seus gols usando cartazes dos torcedores.

Comentários do Facebook