Foto: Alexandre Vidal
Foi um jogo de campeão, sabendo das suas limitações no jogo de hoje o Flamengo foi maduro, soube se defender e segurou o placar. Com o time alternativo, a linha defensiva fez uma ótima partida, com um ressalvo a dupla de zaga. Agora o rubro-negro abriu 13 pontos de vantagem e pode se sagrar campeão domingo que vem mesmo sem entrar em campo, seria a primeira vez na história que um time ganharia duas competições em um final de semana. Vamos às análises:
Foto: Alexandre Vidal
| Diego Alves: Faz a sua melhor temporada desde a sua chegada lá em 2017. Hoje nem fez grandes defesas, mas orientou a zaga de forma muito boa e soube quando controlar e acalmar o jogo. 7,0
| Thuler: Não vinha jogando com frequência assim como o seu companheiro de zaga o Rhodolfo, mas jogaram de uma forma madura e inteligente, cada zagueiro usou as suas características para segurar o veloz time do Grêmio, Thuler garantiu as boas coberturas para Renê e Rodinei quando o contra ataque era em velocidade, teve ótimas recuperações. 7,5
| Rhodolfo: Como citei antes, cada um usou suas características, sabendo que é bem mais lento que os atacantes do time gremista, Rhodolfo se posicionou praticamente dentro da área para retirar as jogadas aéreas e cruzadas por baixo, fez atalhos dentro do campo e pode fazer a diretoria repensar sobre a sua não renovação fim do ano. 7,5
| Rodinei: Jorge Jesus nitidamente não liberou os laterais para o jogo hoje e isso fez que as atuações de Renê e Rodinei fossem focadas na zaga, acredito que o Flamengo não tomou gol hoje mais por conta da dupla de zaga, porque ambos os laterais tomaram muitas bolas nas costas, fizeram até bons desarmes, mas o Cebola fez o que quis pelas pontas. 4,5
| Pires da Mota: Com a bola no pé foi muito abaixo da média, mas tem a confiança do Mister pela sua entrega em campo, fez um ótimo jogo táticamente e ajudou a equipe carioca segurar o placar. 7,0
| Arrascaeta: Em minha visão, Arrascaeta divide o posto como o melhor jogador em quesitos técnicos com o Everton Ribeiro atuando no Brasil, hoje fez de tudo, jogou 45 minutos e armou, marcou e fez fluir o meio campo, em certos momentos tendo que correr por ele e Reinier. 8,0
| Gabriel: Uma coisa que Bruno Henrique melhorou e Gabriel não, foi em temperamento e controle emocional, Gabriel ultrapassou os números de cartões do Guerrero, que era uma coisa que a torcida tanto reclamava por conta desse mesmo problema, uma coisa que desejo que ele melhore caso fique pela Gávea.
Falando sobre o jogo, o camisa 9 fez mais uma grande partida, se entregou e bateu o pênalti com muita categoria, Gabigol superou o Zico e agora é o jogador com mais gols em uma edição de campeonato brasileiros. 6,5
Agora o Flamengo se prepara para a partida mais importante nos últimos 38 anos, sábado às 17 horas o Brasil vai parar e virar um mar vermelho e preto, com o time descansado o rubro-negro vai em peso e COMPLETO para a partida contra o River, sem ninguém no departamento médico. Creio no bi da América assim como acredito no hepta logo no domingo, Flamengo mereceu cada um desse momento.
Comentários do Facebook