Pedro
Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Não foi fácil, mas também não foi tão sofrido. Assim podemos resumir a classificação do Flamengo para as semifinais da Copa do Brasil. Na Arena da Baixada, o Rubro-Negro venceu o Athletico por 1×0, com um golaço de bicicleta do atacante Pedro, garantindo a vaga.

Resumão e golaço de Pedro

O primeiro tempo foi bem brigado, com as duas equipes marcando forte, inclusive com alguns exageros por parte do time paranaense, com chegadas, no mínimo desnecessárias. No entanto, o Flamengo foi bem na primeira etapa, principalmente nos minutos finais, onde conseguiu ficar mais com a bola e acertou um chute a gol com Gabigol. Vidal foi fundamental , com ótimo aproveitamento nos passes e ocupação de espaço. Fora isso, nenhuma das equipes de fato criou para tirar o zero do placar.

Diferente da primeira etapa, a segunda começou com uma blitz do Flamengo. O time carioca foi pra cima dos donos da casa durante os 15 primeiros minutos e isso resultou no gol da partida. Aos 11 min,  no cruzamento da direita de Rodinei, Pedro aparece e manda de bicicleta, sem chances para Bento. Após o golaço, Felipão colocou o Athletico um pouco mais ofensivo, mas o Rubro-Negro carioca não desceu suas linhas, o que deixou o jogo mais aberto. Contudo, os paranaenses não chegaram de fato a ter uma chance clara de gol e o placar só não foi maior a favor do Fla, porque Gabigol perdeu gol incrível após passe de Pedro. Com o 1×0, o Flamengo está classificado.

E agora?

Com a vitória, o Rubro-Negro garantiu uma das vagas para as semifinais da Copa do Brasil. O adversário sai amanhã, na partida entre São Paulo x América-MG.

Próximo desafio

O Flamengo agora vira a chave para o Brasileirão. Isso porque o Rubro-Negro é o vice-líder da competição, e no próximo domingo, vai até a Allianz Parque, encarar justamente o líder e atual rival continental, Palmeiras, que tem 48. A partida está marcada para às 16h e uma vitória carioca, além de elevar a moral, diminui para 6 a distância entre os times na tabela.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook