Paulo Sousa coletiva - Foto: CRF

O jornalista, Antonio Mota, em sua coluna do canal “90 mim”, opinou sobre os principais fatores que mostram o porquê da não evolução do Mais Querido sob o comando do técnico Paulo Sousa. Até o momento, o Flamengo só venceu uma, das seis partidas disputadas no Brasileirão, e está na 16° colocação da tabela, uma antes da zona de rebaixamento. Confira alguns pontos levantados:

  1. Falhas constantes no setor defensivo” O fato é que a defesa do Flamengo continua uma bagunça. E meses já se passaram com a chegada do treinador. O erro individual é comum e faz parte do jogo, mas uma sucessão de erros aponta para uma falha tanto coletiva quanto de decisão. Paulo Sousa erra em bancar o jovem goleiro (Hugo) a todo custo”.
  2. Insistência sem explicação em nomes e decisões que não se justificam “Nos últimos meses, o treinador insistiu em esquemas que não funcionaram, improvisou jogadores em posições “alternativas” e não encontrou uma equipe para dar sequência. Contra o Ceará, tirou o lateral-esquerdo Ayrton Lucas, que não estava bem, e colocou Matheuzinho, que atua pela ala direita. Depois corrigiu o equívoco, mas sua decisão mostrou que aprendeu muito pouco nestes meses no Brasil”.
  3. Problemas de criação e definição no ataque “O Flamengo não deu “liga” ainda. Toma decisões precipitadas e, no jogo contra o Ceará, por exemplo, só conseguiu ir às redes em lances de bola parada. Outro problema antigo do Flamengo”.
  4. Falta de constância durante os 90 minutos“O Flamengo de Paulo Sousa dificilmente atua em bom nível durante toda uma partida. A falta de regularidade em um mesmo jogo, inclusive, já tirou diversos resultados do Clube na temporada”, concluiu o redator.

SRN

Sílvia Lima

 

 

Comentários do Facebook