"2019, O Ano Eterno - As Conquistas do Flamengo em Imagens" — Foto: Divulgação

O lançamento do livro em homenagem ao ano fantástica do Flamengo na temporada passada: “2019, O Ano Eterno – As Conquistas do Flamengo em Imagens” gerou desconforto nos bastidores.

Feito pelo próprio marketing do rubro-negro, não foi colocado no livro uma foto do vice responsável pelo futebol, Marcos Braz. Um dos principais dirigentes da história do clube não aparece em nenhuma das 120 fotografias que registraram os títulos do futebol, entre eles o Brasileiro e a Libertadores. Braz aparece somente nos créditos em que todos os vices foram citados.

No livro somente o presidente, Rodolfo Landim, foi agraciado com fotos no livro. Em dois momentos. As demais, são de jogadores e da torcida.

“2019, O Ano Eterno – As Conquistas do Flamengo em Imagens” — Foto: Divulgação

Já Wallim Vasconcellos foi ignorado no livro da equipe Carioca. O ex-dirigente do Bandeira de Mello e de Landim, era o vice-presidente de Finanças durante todo o ano vitorioso, mas seu nome não consta da lista de vps de 2019. No seu lugar, está o atual vice da pasta, Rodrigo Tostes, que assumiu somente em 2020.

Uma homenagem maior a Braz e o livro ter esquecido Wallim, foram discutidas em reuniões no clube na última semana. A resposta oficial é que a escolha dos homenageados e a forma de fazê-la foi comandada pelo departamento de marketing.

Quer receber notícias do Mengão em seu celular? É fácil! Mande uma mensagem no Whatsapp para o número (21) 96534-7050.

1 COMENTÁRIO