Landim
Reprodução

Nesta terça-feira (14) três grupos de oposição ao presidente Rodolfo Landim protocolaram uma proposta para retirar a limitação de mil sócios Off-Rio que foi adicionada ao estatuto do Clube de Regatas Flamengo, no mês de maio. As informações foram publicadas no jornal Lance. Leia na íntegra a redação de emenda do estatuto:

 “Parágrafo 11 – O associado Contribuinte Off-Rio é aquele que reside fora da região metropolitana do rio de Janeiro e a pelo menos 100 quilômetros de distância dos limites da cidade do Rio de Janeiro, tendo o direito de frequentar as dependências do Flamengo por trinta dias por ano, contados a partir da data de sua admissão, mesmo que em períodos não consecutivos, inclusive sábados, domingos e feriados, não computados nesse prazo os dias em que comparecer a Sede da Gávea para participar de reuniões presenciais do Conselho de Administração ou Conselho Deliberativo, se eleitos nos termos dos artigos 87 e 98 do estatuto, respeitado o inciso IX do Art.19, sendo lhe vedada a inclusão de dependente. O valor da sua contribução mensal não poderá ser inferior a 75% ( setenta e cinco por cento) do valor da contribuição mensal do associado Contribuinte, sendo lhe assegurado todos os direitos e deveres previstos neste estatuto ao associado Contribuinte Off-Rio.

I – Após a abertura de procedimento apuratório com a oportunidade de ampla defesa ao interessado, em respeito ao princípio do contraditório, o associado Contribuinte Off-Rio que, comprovadamente, fraudar o seu domicílio para se associar nessa categoria, será excluído do quadro associativo do Clube, pelo período estabelecido no inciso.

II- O associado Contribuinte Off-Rio que sofrer a penalidade disciplinar no inciso I, parágrafo 11, do art. 6° do estatuto não poderá se associar em outra categoria do quadro social pelo prazo de 10 (dez) anos, a contar da decisão definitiva de exclusão do quadro associativo do Clube.”

O documento possui 240 assinaturas de associados Rubro-Negros, com membros dos grupos: “Flamengo Sem Fronteiras”, “SóFla” e Frente Fla Maior”.

 

SRN

Sílvia Lima

Comentários do Facebook