VAR
Reprodução

A CBF divulgou na tarde desta quinta-feira os áudios da comunicação entre a cabine do VAR e o árbitro Braulio da Silva Machado para defender a não marcação de um possível pênalti de Léo Pereira, que tocou com o braço na bola no 0 a 0 entre Corinthians e Flamengo, pelo primeiro jogo da final da Copa do Brasil.

– “Braulio, já checado. A bola desvia na barriga dele e vai para o braço, está em ação de disputa, tá? Bate na barriga dele e vai para o braço, pode seguir”, diz o áudio do VAR.

A CBF também se manifestou em defesa da não marcação da penalidade.

“De acordo com o texto das regras do jogo, esse impacto no braço, que surpreendeu o jogador defensor, que tinha seu braço em posição natural, é uma ação normal de jogo, não devendo ser penalizada pelo árbitro” – defende a CBF.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook