Foto: Alexandre Vidal/Flamengo
Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo venceu o Athletico-PR na tarde deste domingo por 2 a 0, na Arena da Baixada. No decorrer da partida, o Rubro-negro teve um pênalti anulado pelo VAR e outras jogadas duvidosas. Em entrevista coletiva, o técnico Jorge Jesus detonou a arbitragem e disse que seu time teve que jogar contra dois times: a arbitragem e o Athletico-PR.

“Sabíamos que jogo ia ser difícil pela qualidade do Athletico, pelas condições do sintético, jogo completamente diferente. Já viemos preparados. Não vinha preparado para jogar contra duas equipes contra o árbitro, mas contra o Athletico”

O técnico estava visivelmente irritado com a arbitragem da partida e não parou de cornetar.

“Quem toma essas decisões tem que ser penalizado. Não pode tomar uma decisão e nem estar no campo para fazer outras asneiras. Não tem capacidade. Nem sei quem foi, mas não pode andar no VAR. Vai para casa, férias… E para não prejudicar o árbitro, que teve decisão certa, mas foi influenciado pelo VAR. Não pode passar impune. Quando o VAR não tem capacidade com todas as ferramentes que tem, não tem capacidade. É como todas as profissões, são para os melhores”

Com a vitória, o Rubro-negro soma três pontos, quebra um jejum de 45 anos sem vencer a equipe paranaense pelo Campeonato Brasileiro, e continua com 8 pontos de vantagem do segundo colocado. O próximo confronto será o Fortaleza, na próxima quarta-feira, às 20h.

Comentários do Facebook

1 COMENTÁRIO