Fabrício Bruno
Foto: Marcelo Cortes / Flamengo

Se existe algo que tira o sono dos torcedores do Flamengo e do técnico Paulo Sousa, é o departamento médico do clube. Isso porque vários jogadores do elenco principal estiveram ou estão lesionados, desfalcando a equipe em vários jogos. Nesse sentido, o zagueiro Fabrício Bruno, que não joga desde o primeiro jogo da final do Carioca diante do Fluminense, pode ficar mais 3 meses sem entrar em campo.

A princípio, o defensor teve uma lesão considerada rara nos ligamentos profundos do pé esquerdo. Por ser tratar de um atleta, o departamento médico rubro-negro, tentou evitar ao máximo a cirurgia. Isso porque é um local muito sensível para um jogador profissional de futebol, a planta do pé. Entretanto, segundo informações do jornalista Vene Casagrande, Fabrício fez mais um exame de imagem na noite da última quarta-feira (12) no dedo do pé. A ideia era saber como está o andamento da lesão.

Agora, o médico particular do jogador e o departamento médico do Flamengo, esperam o resultado desse exame e vão se reunir para tomar uma decisão sobre operar ou não o jogador. Vale lembrar, que o médico do jogador, recomendou anteriormente a cirugia de cara, mas como informado acima, o Flamengo preferiu o tratamento.

Caso a operação aconteça, o zagueiro pode ficar longe dos campos por pelo menos 3 meses, além do tempo que já está parado. Ainda segundo Vene Casagrande, o Flamengo deve se pronunciar em breve sobre a situação do defensor.

Fabrício Bruno é um dos 7 jogadores que estão no departamento médico rubro-negro. Juntam-se a ele, os goleiros Santos e Diego Alves, os zagueiro Gustavo Henrique, o lateral Filipe Luís e os atacantes Matheus França e Vitinho.

Twitter: @diego_alarconf

 

Comentários do Facebook