Diego Ribas-Flamengo-Bahia
Foto: Marcelo Cortes/CRF

Na última quinta-feira (11), o Flamengo venceu o Bahia por 3 a 0, no Maracanã, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim, o Rubro-Negro terminou a partida com 10 atletas em campo. Diego Ribas foi expulso aos 18′ 2T após uma reação a cotovelada de Rossi. Dessa maneira, o camisa 10 segurou o pescoço do atacante da equipe baiana. Logo, o árbitro considerou, com ajuda do VAR, ambas as atitudes para cartão vermelho.

Nesse sentido, após o término do jogo, o meia se pronunciou nas redes sociais pedindo desculpas à Nação e aos jogadores do elenco. Ainda, aproveitou para parabenizar a vitória.

“Hoje tive uma reação incompatível com aquilo que sou e acredito! Por mais que meu adversário tenha sido desleal e covarde, o erro dele não justifica o meu! Peço desculpas aos companheiros e a todos torcedores! Aproveito para parabenizar a equipe pela ótima partida!”

No confronto, o capitão desempenhou a função de primeiro volante, já que o Willian Arão foi poupado. Sendo assim, durante a partida, conseguiu finalizar a gol, recuperar duas bolas e acertar 92% dos passes (35/38).

Enfim, Diego Ribas está suspenso e não atuará diante do São Paulo, no domingo (14). Dessa forma, Arão deve retornar a equipe e o Andreas Pereira fará a função de segundo volante. Nesse ínterim, uma vitória sobre o Tricolor Paulista é importante para não desgrudar do Atlético-MG, líder da competição.

VEJA MAIS:

Urgente: Leonardo Gaciba é demitido do comando da Comissão de Arbitragem

Renato Gaúcho elogia arbitragem do duelo entre Flamengo e Bahia: “Me agradou bastante”

Gabigol cita o Romário e diz sobre o 100° gol no Fla: “Algo inimaginável. Vai ficar marcado na minha vida”

Comentários do Facebook