árbritro
Alexandre vidal/CRF

O Flamengo entrou em campo na noite desta Quinta pelo Brasileirão. Nesse sentido, o rubro-negro conseguiu fazer uma partida melhor do que as últimas disputadas e venceu por 3×0. Contudo, o jogo foi cheio de lances polêmicos envolvendo a arbitragem. Agora, o árbitro da partida comentou sobre as polêmicas da sua arbitragem.

Entenda o caso

Quem apitou a partida, foi o árbitro Vinícius Gonçalves (SP). Ele marcou um pênalti no primeiro tempo, que foi bastante questionado pelo time do Nordeste. O lance culminou no gol de número 100 de Gabigol com a camisa Rubro-Negra.

Além disso, no segundo tempo, teve um outro lance polêmico. No caso, Rossi deu uma cotovelada no rosto de Diego Ribas, que revidou. Nesse sentido, Vinícius Gonçalves foi ao VAR, revisou o lance e optou por expulsar os dois jogadores.

Segundo informação passada pelo portal “UOL”, essas foram as explicações do árbitro de campo na súmula da partida:

  1. Expulsão de Diego Ribas (2º tempo):

“Expulsei aos 17 minutos do segundo tempo com cartão vermelho direto o senhor Diego Ribas da Cunha pois após ser atingido com uma cotovelada no rosto dada pelo seu adversário de número 7, revidar com um apertão com as duas mãos e com uso de força excessiva no pescoço. O lance ocorreu próximo à linha de fundo defendida pela equipe do Flamengo e próximo ao assistente número 1. O jogador atingido não necessitou de atendimento e o jogador expulso deixou o campo normalmente”, relatou Vinícius Gonçalves.

2. Expulsão de Rossi (2º tempo):

“Expulsei aos 17 minutos do segundo tempo com cartão vermelho direto o senhor Rosicley Pereira da Silva por atingir com uma cotovelada com uso de força excessiva na disputa de bola o rosto do seu adversário (Diego). O lance ocorreu próximo à linha de fundo defendida pela equipe Flamengo e próximo ao assistente número 1. O jogador atingido não necessitou de atendimento e o jogador expulso deixou o campo normalmente”.

Twitter: @diego_alarconf

Comentários do Facebook